O CRMV-MG concluiu nesta semana apuração de denúncia recebida via Ouvidoria, relacionada à consultório veterinário irregular supostamente em funcionamento dentro de um pet shop, em município da região da Zona da Mata. O relato é de que uma médica-veterinária que estaria realizando cirurgias em cães e gatos de maneira clandestina.

 

A equipe de Fiscalização do CRMV-MG esteve no local e constatou que o estabelecimento estava funcionando sem a autorização da Receita Federal, conforme atividades  descritas em seu cartão de CNPJ, não possuía Alvará Sanitário e PGRSS, como previsto na RDC 222 de 2018 da ANVISA.

 

Além disso, mesmo possuindo registro no Conselho, não foi apresentada ART válida junto ao CRMV-MG, documento comprobatório da responsabilidade técnica de profissional médico veterinário habilitado frente as atividades. Na oportunidade, também foi aplicado checklist de consultório veterinário, quando foram observadas outras inconformidades.

 

Durante a fiscalização não foram observados indícios de procedimentos cirúrgicos ou internações no local, ainda assim, diante das irregularidades encontradas, o CRMV-MG lavrou Auto de Infração e notificou a Vigilância Sanitária Municipal.

 

 

Assessoria de Comunicação do CRMV-MG