Assim como acontece com os seres humanos, o câncer de mama também pode acometer gatas e cadelas. Para conscientizar os tutores quanto as necessidades de medidas preventivas à doença, o Laboratório de Patologia Comparada da UFMG realiza anualmente a campanha “Outubro Rosa Pet”. Em 2019, ela chega em sua sexta edição, e conta com o apoio institucional do CRMV-MG.

Segundo médico-veterinário dr. Giovanni Dantas Cassali, para identificar um possível câncer de mama em sua cadela ou gata, o tutor deve realizar um exame físico no animal. “O proprietário deve posicionar o animal de barriga para cima de modo que seja possível examinar todas as mamas, verificando a presença de nódulos ou qualquer aumento de volume. O exame das mamas deve ser realizado periodicamente através da palpação de todas as mamas”, explica o também professor do Laboratório de Patologia e coordenador do evento.

Dr. Giovanni também enfatiza que o êxito do tratamento está diretamente relacionado ao rápido diagnóstico da doença. “Ao observar qualquer lesão nas mamas dos animais, mesmo que seja pequena, o tutor deve procurar o atendimento de um médico-veterinário. Quanto antes o tratamento for iniciado, maior chance de sucesso”. Ainda segundo o professor, as lesões nos animais são variadas, e podem acometer uma ou mais glândulas mamárias.

A principal forma de tratamento do Câncer de mama em cães e gatos é através da remoção cirúrgica. Após a detecção, os tumores são enviados para análise microscópica de um patologista veterinário. Dr. Geovanni alerta para a importância desta etapa. “Essa análise nunca deve deixar de ser realizada, pois a avaliação do resultado pelo médico-veterinário determina se existe a necessidade de complementação com outros tipos de tratamentos, como a quimioterapia”, explica. É muito importante que os tutores se atentem para o acompanhamento dos profissionais de Medicina Veterinária em todo este processo, seja ele clínico, cirúrgico, patológico ou oncológico.

Programação especial

Compondo as ações referentes ao Outubro Rosa Pet, no dia 4 de outubro, será realizada a segunda edição do curso de atualização de Neoplasias Mamárias em cadelas e gatas, no anfiteatro do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG. O evento contou com a participação de diversos especialistas da área de pequenos animais. A atividade contou com a participação da secretária-geral do CRMV-MG, dra. Myrian Iser (foto), que também participa da comissão de organização da campanha neste ano.

Já no dia 19 de outubro, ocorre uma ação de atendimento gratuito aos animais. Na oportunidade, são realizados exames preventivos de mama gratuitos, além de distribuição de brindes e orientações ao público sobre o tema. A ação acontece em seis pontos de Belo Horizonte: Igreja da Pampulha, Praça da Liberdade, Hospital Veterinário do UniBH, Hospital Veterinário da PUC-Betim, Newton Paiva (campus Silva Lôbo), Colégio Arnaldo e também na Praça Tiradentes, em Contagem.