Gestores de campi de institutos e universidades federais de ensino superior se reuniram na sede do CRMV-MG, em Belo Horizonte, para o III Encontro de Dirigentes de Campi das IFES.

Durante o encontro, os dirigentes apresentaram suas principais ações, desafios enfrentados e as perspectivas dentro de cada realidade. Em comum, abordaram a situação da infraestrutura dos campi, a necessidade de técnicos e docentes para as atividades administrativas e acadêmicas e a insegurança sobre o orçamento para a manutenção e desenvolvimento das instituições nas diferentes regiões.

Na oportunidade foi apresentado um resumo relacionado às audiências públicas realizadas na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados entre os anos de 2015 e 2018. Foram cinco audiências públicas nestes anos e cerca de 20 horas de debate, resumidos em 38 minutos de vídeo.

Dez instituições estiveram representadas: o Instituto Federal de Minas Gerais (IFTM), a Univrsidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a Universidade Federal Fluminense (UFF), a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), a Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL), a Universidade Federal de São João-del-Rei (UFSJ) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O médico veterinário e diretor do campus de Governador Valadares da UFJF, dr. Peterson Marco Andrade, avaliou o encontro. “Foi uma excelente oportunidade para a troca de experiências entre os gestores. Também tivemos a chance de aprimorar a consolidação do Fórum Nacional de Dirigentes dos Campi dora de Sede e Multicampi das Instituições Federais de Ensino (FORCAMPI)”, disse.